Rosh Hashaná, o Ano Novo Judaico – 5780

Rosh Hashaná, o Ano Novo Judaico – 5780

Prezados Amigos,

​No próximo dia 29/09, a comunidade judaica, em todo o mundo, comemora o Rosh Hashaná. Essa comemoração do Ano Novo Judaico, seguida do Yom Kipur, o sagrado dia do perdão, constitui-se na maior efeméride do povo judeu.

Os religiosos celebram as duas datas de maneira fervorosa, e os tradicionalistas costumam comparecer às sinagogas, quer para participar das rezas ou para lembrar seus entes falecidos (Izkor). Muitos judeus, porém, não se consideram nem religiosos nem tradicionalistas, mas não ignoram a sua origem nessas datas tão significativas e também comparecem às sinagogas para ouvir o toque do Shofar. Em algumas sinagogas pessoas de outros cultos comparecem para assistir essa cerimonia que tem aspectos ecumênicos, de liberdade, redenção e renovação   

​Nos dias atuais as famílias se reúnem livremente na maioria dos países do mundo para essa comemoração, que inclui o jantar de Rosh Hashaná, e para a “quebra do jejum”, após o dia do Yom Kipur, quando todos almejam estar inscritos no livro da vida. 

​Mas nem sempre foi assim, principalmente na Europa, onde os judeus viveram tempos difíceis, com perseguições e ameaça direta às suas vidas caso seguissem os costumes e os preceitos religiosos de seus antepassados. Um dos fatos mais comuns que os uniam, nesses diversos locais, era a comemoração, muitas vezes secreta, do Rosh Hashaná e do Yom Kipur

Mesmo para os incrédulos, neste período do ano algo transborda do interior de nossas almas e traz uma realidade de identificação com a tradição de nossos ancestrais, que se perpetua geração após geração.

Esse é um período de reflexão e introspecção, quando analisamos nossos atos, nossa postura perante a vida e perante os outros, reavaliamos os nossos princípios, os nossos valores e, principalmente, valorizamos a vida. 

Mesmo num mundo conturbado, com guerras, refugiados, fome, antissemitismo, discriminações, e injustiça social; as nossas esperanças se renovam para que no próximo ano tenhamos dias melhores, com paz, saúde e felicidades para todos os povos do mundo. 

Elias Knobel e família