Casamento: Uma maneira para se divorciar do estresse?

14 FEVEREIRO 2017 – Um novo estudo revelou que as pessoas casadas têm menor quantidade do hormônio do estresse chamado cortisol, o que pode explicar por que elas tendem a ser mais saudáveis ​​do que as pessoas sem parceiros.

Pesquisadores da Carnegie Mellon University em Pittsburgh mediram os níveis de cortisol em amostras de saliva de 572 adultos saudáveis. Os participantes que estavam casados ​​tinham consistentemente níveis mais baixos do hormônio do estresse do que aqueles que nunca foram casados ​​ou que foram casados ​​anteriormente.

É “emocionante descobrir um caminho fisiológico que pode explicar como os relacionamentos influenciam a saúde e a doença”, disse o autor do estudo, Brian Chin, em um comunicado de imprensa da universidade. Chin é um Ph.D do departamento de psicologia da Carnegie Mellon University.

Os pesquisadores também compararam o ritmo diário de cortisol dos participantes. Tipicamente, os níveis de pico hormonal se manifestam quando uma pessoa acorda e entra em declínio durante o dia. Pessoas casadas tiveram um declínio mais rápido – um padrão ligado à redução do risco de doença cardíaca e maior sobrevivência entre os pacientes com câncer.

Os resultados sugerem que as pessoas solteiras podem ter mais estresse mental do que os casados, de acordo com os pesquisadores. O estresse crônico aumenta os níveis de cortisol, o que, por sua vez, prejudica a capacidade do organismo de regular a inflamação. A Inflamação desempenha um papel chave no desenvolvimento de muitas doenças, disseram os pesquisadores.

O coautor do estudo, Sheldon Cohen, disse: “Esses dados fornecem informações importantes sobre o modo como nossas relações sociais íntimas podem influenciar nossa saúde”.

Cohen é professor de psicologia na mesma universidade.

Esse estudo foi publicado  na edição de abril da Revista Psychoneuroendocrinology.

 

Fonte: Robert Preidt – HealthDay

http://www.medicinenet.com/script/main/art.asp?articlekey=201689